Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de 2009

Krishnamurti sobre o vegetarianismo

“Os seres humanos gostam de matar, uns aos outros ou um inocente veado no fundo do bosque, atropelam deliberadamente uma serpente na estrada ou montam armadilhas para lobos ou coiotes. Pessoas bem vestidas saem rindo dos seus carros e matam pássaros que se estavam a chamar uns aos outros. Um rapaz mata com a sua pressão de ar um passarinho azul e os adultos elogiam a sua boa pontaria.


Matam por desporto, Matam para comer, Matam pela paz. Não há muita diferença entre estas coisas. Justificar não é a resposta. Só há uma: Não matar. Considera-se que os animais carecem de alma, de modo que se pode matá-los como impunidade.


Comer animais, pássaros, é visto como uma coisa natural, aprovada pelos anúncios comerciais. A matança estende-se e torna-se cada vez mais eficientes a crueldade e os meios de destruição. A paz é um estado da mente, um estado que existe apenas quando há amor.”


Krishnamurti.

ICK em Revista Nº 20 - junho/2009

ICK em Revista Nº 20
Nº 20 - junho/2009
Para subscrições gratuitas ou cancelamentos, visite
http://www.krishnamurti.org.br ÍndiceNota EditorialNovasNovos LivrosKrishnamurti para PrincipiantesPense Nisso Novos DVDsSérie Educacional Vol. I Nova Comissão Executiva e Conselho Fiscal SeleçãoA Luz Que Não Se ApagaViver Sem Temor ArtigoTodos os Trabalhos de Krishnamurti 1933-1986 Nota EditorialO semestre que agora termina foi de grande atividade para a ICK, notadamente pelo número recorde de DVDs que produzimos e também pelos novos livros publicados, estes embora tenham sido iniciativas da respectivas editoras, há que se destacar o trabalho de bastidores que vimos fazendo no sentido de tornar mais fluido o processo de autorização de publicação por parte das Fundações.A apatia com que o mercado editorial brasileiro vinha tratando o trabalho de Krishnamurti pode ter levado muita gente a pensar que os seus ensinamentos não mais encontravam terreno fértil no Brasil, entretanto as novas publicações de edi…

SOBRE O AUTOCONHECIMENTO, PENSAMENTO E ATENÇÃO PLENA.

Krishnamurti
Sem o autoconhecimento, o que quer que eu pense, o que quer que eu faça, não tem nenhum fundamento. Ora, o que é o autoconhecimento? Como você se conhece? O que significa conhecer a si mesmo? Você se conhece a partir da observação da experiência; da observação de um pensamento e, a partir desse pensamento, da observação de outro pensamento que surge, relutamos em nos desprender do primeiro pensamento de modo que há um conflito entre o primeiro pensamento e o segundo pensamento? Ou o autoconhecimento significa abandonar o primeiro pensamento e seguir o segundo e, depois, o terceiro pensamento que surge, abandonando o segundo e seguindo o terceiro; deixando de lado o terceiro e seguindo o quarto, de modo a ter uma atenção e uma percepção constantes do movimento do pensamento?... Autoconhecimento não significa conhecer-se, mas conhecer a atividade do pensamento. Porque o eu é pensamento, a idéia do “eu”. Portanto, observe cada movimento do pensamento, não deixando nunca que u…

Jiddu Krishnamurti, 1895-1986

Jiddu Krishnamurti nasceu no dia 12 de maio de 1895 em uma pequena cidade chamada Madanapalle, na India. Desde criança, Krishnamurti foi educado pela Sociedade Teosófica para se tornar um líder espiritual mundial. Todavia, quando adulto, sua vida tomou um curso diferente. Em 1922, Krishnamurti se mudou definitivamente para a California, nos Estados Unidos, onde ele passou a conversar com pessoas do mundo todo que o visitavam ali, atraídas por suas idéias.

Em 1929 ele se separou definitivamente da organização que o considerava como seu líder predestinado, a Ordem da Estrela, e passou a ser conhecido como um dos mestres espirituais mais iconoclásticos e influentes do século XX. Krisnamurti repudiou não apenas suas conecções com todas as religiões e ideologias, mas também se negou a aceitar que ele mesmo tivesse qualquer autoridade espiritual. Um viajante incansável, ele rejeitou também laços que o unissem permanentemente a qualquer país ou nação, nacionalidade ou cultura específica. E ap…

Frases de J. Krishnamurti

Não há nada que conduza à verdade. Temos que navegar por mares sem roteiros para encontra-la.
A inteligência não está buscando segurança. Ela não tem segurança. A idéia de segurança não existe na inteligência. Ela por si mesma é segura, e não "busca segurança".

A inteligência tem harmonia em si mesma.

A inteligência usa o pensamento.

A mente ou organismo, o pensamento, o cérebro com todas as suas memórias, experiências e tudo isso, que é tudo do tempo. E a mente diz "Posso chegar a isso?". Ela não pode. Então eu digo a mim mesmo "Como ela não pode, ficarei quieto".

Então a inteligência é necessária. Sem ela, o pensamento não tem significado, de todo.

Então o pensamento realmente criou um mundo de ilusão, miasma, confusão, e pôs a inteligência de lado.

Então o pensamento é mensurável; a inteligência não. E como acontece de essa inteligência vir a existir? Se o pensamento não possui relação com a inteligência, então, é a cessação do pensamento o despertar da intel…

Krishnamurti sobre o vegetarianismo

“Os seres humanos gostam de matar, uns aos outros ou um inocente veado no fundo do bosque, atropelam deliberadamente uma serpente na estrada ou montam armadilhas para lobos ou coiotes. Pessoas bem vestidas saem rindo dos seus carros e matam pássaros que se estavam a chamar uns aos outros. Um rapaz mata com a sua pressão de ar um passarinho azul e os adultos elogiam a sua boa pontaria.

Matam por desporto, Matam para comer, Matam pela paz. Não há muita diferença entre estas coisas. Justificar não é a resposta. Só há uma: Não matar. Considera-se que os animais carecem de alma, de modo que se pode matá-los como impunidade.

Comer animais, pássaros, é visto como uma coisa natural, aprovada pelos anúncios comerciais. A matança estende-se e torna-se cada vez mais eficientes a crueldade e os meios de destruição. A paz é um estado da mente, um estado que existe apenas quando há amor.”

Krishnamurti

Em: "Conversando Com Deus" Neale Donald Walsch

Este é o maior obstáculo para o seu esclarecimento: Você acha que já sabe a verdade! Você acha que já compreendemos como a verdade é. Então, você concorda com tudo o que se enquadra no paradigma da sua compreensão, e rejeita tudo o que não se enquadra nele. E é a isso que você chama de aprendizagem."

MAX HEINDEL - Nossa Turma - Imagick

COMO CONHECEREMOS CRISTO QUANDO ELE VOLTAR?
Relatório Taquigrafado de uma Palestra Proferida em Los Angeles Study Center, Rx. F., em 18 de maio de 1913 por Max Heindel


Existe um quadro em minha mente, ele está lá há anos; algumas vezes, quando tenho tempo disponível para voltar-me para dentro de mim mesmo e olhar aquele arquivo, este aparece. Deixe-me descrevê-lo.
Acompanhe-me, regredindo no tempo, cerca de dois mil anos. A cena passa-se na Palestina, as colinas estão desertas, vê-se um pequeno grupo de homens e no rosto de cada um reflete-se a tristeza. Eles estão pranteando. Aquele que, pensavam, tinha vindo para fazer grandes coisas, no entanto, Aquele foi-lhes tirado por mãos implacáveis e Sua vida parecia-lhes destruída, e eles perguntavam-se: "Será este o fim"? Isto emocionava-os profundamente. Ele os tinha chamado de amigos. Disse-lhes: "Vós sois meus amigos", e eles O pranteavam como a um amigo. Disse-lhes também: "Se Eu for embora, Eu virei novamente&quo…